Páginas

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Incentivos à leitura e escrita

Olá Galerinha!
Curtindo um feriadinho?

Nós estamos, com certeza, curtindo um descanso merecido! Principalmente o papai, né?!? Que sempre está tão ocupado... Mas "bora" lá falar do nosso post de hoje, hein? Hehehe, nada que não possa ser aplicado e muito divertido para os dias de folga, também, né?

Tá, já não é novidade alguma que a Laura está no segundo ano do ensino fundamental, ou seja, em pleno andamento da alfabetização e seus aperfeiçoamentos... no início da semana, aconteceu uma das reuniões da escola, em que temos o feedback do desempenho dos nossos pequenos e quando pudemos esclarecer muitas dúvidas... E a principal foi: a tão temida letra cursiva!



Como diz a amiga Fernanda: letra cursiva é treino. Somente isso. Quanto mais treino, mais bonita a letra e mais automática/instintiva fica sua escrita. Ponto final. Ok! Daí venho eu, traumatizada de tanta caligrafia que fiz na escola e com um "asco" da tal da letra cursiva, inventando maneiras de "treinar" sem cansar, hehehe. Afinal, tudo o que é prazeroso, divertido e consensual, flui com maior facilidade, não é mesmo? Já o que se torna maçante... aff! Vamos, lá, algumas ideias:

- A Fernanda mesmo sugeriu aqueles livrinhos que vem com caneta de lousa, que dá para apagar mil vezes e fazer de novo. Tem uns lindinhos, com desenhos e.. e?? Sim, letras cursivas!

- Mais uma ideia da Fernanda: bilhetinhos animados e fofos, escondidos na mochila, na lancheira, ou na agenda, que devem ser lidos e respondidos pela criança, que tal? Amei...

- Aqui em casa, anda rolando a tal caça ao tesouro... cujo prêmio é um cartão, com gravuras e texto, é claro... há tem ainda os mapas, hehehe. Fez o maior sucesso e gerou muitas risadas neste feriado.

- Outra coisa que está funcionando com a Laura: diário. Isso mesmo! Aqueles com "chavinha', de contar segredos... só que a Laura escreve o que sente, e também, leva para os amigos escreverem para ela ter como recordação... Ok. Nem tudo o que é escrito vem em cursiva, mas treina a leitura e a escrita de qualquer forma... e incrementa a autoestima, os vínculos e a análise crítica...

- Lembra do post dos livrinhos? Incentive seu filho a registrar uma história e fazer muitos desenhos lindos... mostre para todo mundo... ele vai ficar tão orgulhoso ;o) Além de treino, de incentivo à criatividade, sai cada "pérola", isso sem mencionar a recordação de mais etapa...

Hum... o que mais? Alguma sugestão? Porém, uma coisa é certa: cada criança tem seu tempo, e seu jeito... e precisa de estímulo, incentivo e carinho... As vezes cobrança de mais, ou críticas excessivas, só prejudicam a autoconfiança e podem até atrasar o processo, ok?

Beijocas Muito Barulhentas... e Bom Findi!